Invenções verdadeiramente GENIAIS!!!!!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Invenções verdadeiramente GENIAIS!!!!!

Mensagem por Alquimista em Sab Fev 18, 2017 4:00 am

Candelabro com acendedor de velas automático (um projeto desenvolvido pelO ALQUIMISTA):

Imaginem que de repente não chegasse mais eletricidade em nossas domus e que assim não utilizaríamos mais as lâmpadas elétricas.  
Seria bastante inconveniente chegar cansado do trabalho e ainda ter que acender aquele monte de velas, não é mesmo??!!!!!
Pois no projeto GENIAL que criei, basta apenas acender uma ÚNICA VELA pra se ter a mesma sensação e conforto que uma boa lâmpada proporciona.
Com vocês, o meu CANDELABRO ESPECIAL com acendedor de velas AUTOMÁTICO:


O candelabro é composto por um apoio em forma de funil fixado na corrente que se ligará ao teto, uma haste e um trajeto espiralado (preso à haste) por onde as velas se encaixam, começando no apoio e terminando no final da haste.
O funil sustenta a haste que é rodeada três ou mais vezes pelo trajeto espiralado (depende do número de velas que se quer colocar).
E, obviamente, a espiral vai decrescendo até chegar ao ápice da haste onde se encontra com o funil. É como se o formato lembrasse uma árvore de natal. E as velas vão ficando cada vez mais altas em relação às anteriores até chegar ao final da espiral, ou seja, é como se as suas pontas também formassem uma outra espiral caso uma linha imaginária ligasse todas elas, paralelando o trajeto por onde se encaixam as velas.
No início da espiral, entre a haste e a primeira vela, se encontra um pequeno pino. Já vamos falar para que este pino serve.
Mas primeiro vamos riscar um palito de fósforo, acender a primeira vela do trajeto em espiral, em seguida pegamos uma chave daquelas em forma de borboleta que está inserida no funil (não havia falado dela ainda!) e então começamos a gira-la como que para dar corda numa mola oculta dentro do funil. Daí espera-se um mecanismo automático ser acionado e, segurando firme na haste, se força a mesma para cima até soar um clique.
A haste então começará a girar sozinha. Um tiquetaquear hipnótico se iniciará e o pequeno pino então começa a se movimentar através da espiral fazendo com que sua ponta toque a base das velas, inclinando-as, de modo que o pavio da vela apagada seja aceso pelo pavio da que já estava queimando. Isso só é possível porque a vela que se inclinou consegue voltar a sua posição original no exato momento em que a próxima vela irá se inclinar, pois tudo aqui é calculado de acordo com uma precisão INCALCULÁVEL!!!!!! KKKKKKKKKKKKKKKKKKK...
Mas o melhor está para acontecer!!!
Quando o pino estiver chegando ao final da sua trajetória, ao passar pela última vela, parecerá que o mesmo se chocará com o funil, avariando o laborioso lustre. Mas ao invés disso, a pressão exercida pelo pino obriga a haste a se arrastar pra baixo, possibilitando que o pino atravesse tranquilamente o funil. Por causa disso, a haste de repente para de girar, o tique-taque para de soar e o pino, que deveria cair para fora da espiral, ”sobrenaturalmente” cai em linha reta até a posição na qual estava originalmente.
Ora, o que é isso?! Algum truque de mágica????
Precisamente!
Pois ao lado da haste se encontra um fio invisível, como aqueles que os mágicos costumam usar em alguns números de levitação, que vai dar até a base do funil, sendo que o pino possui um discreto sulco por onde se conecta com perfeição ao fio.

EXPLICAÇÃO DO FUNCIONAMENTO:

Lembrando que: se acende a primeira vela, depois giramos a chave no funil para dar a corda e em seguida é só socar a haste ainda mais no funil para as velas começarem a se acender automaticamente.

Funcionamento:
Primeiro se gira a chave que dá a corda numa mola para acionar o mecanismo de engrenagens que está dentro do funil, depois deve se socar a haste para que esta possa se conectar com o tal mecanismo e então ela gira fazendo com que outra engrenagem que está em sua base movimente um tipo de trilho que se encontra por toda a extensão do caminho espiralado, o que possibilita que o pino percorra todo o caminho enquanto vai tocando e inclinado cada vela de modo que a que está apagada se acenda pela que já estava acesa. Naturalmente, se faz isso distribuindo o peso das bases das velas de modo que elas voltem instantaneamente às suas posições originais. Por último, quando o pino já está no final e se choca com a forma afunilada, a pressão força a estrutura espiralada para baixo desconectando a haste (que obviamente está fixa na espiral) do mecanismo do funil, o que interrompe o funcionamento a tempo de o pino se anexar a um fio muitíssimo transparente, com o intuito de deslizar através dele como se caísse por mágica até ir para onde estava inicialmente. Perfeito!!!!!!
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 398
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Invenções verdadeiramente GENIAIS!!!!!

Mensagem por Alquimista em Sab Fev 18, 2017 4:15 am

Eis um enigma bem interessante que inventei, tão intrigante que foi até publicado no jornal interno para os membros da MENSA, instituição a qual orgulhosamente faço parte.

"Tales é um garoto de apenas 12 anos que possui uma aptidão muito alta para a matemática. Encorajado por um psicólogo, seu pai fazia de tudo para estimular o filho nessa área. Sendo assim, o pai do garoto resolveu presenteá-lo no seu aniversário de 13 anos com o seguinte presente, um cofre que continha em sua porta um mostrador como uma cadeado de bicicleta que estava na seguinte disposição: 0000000.



O garoto deduziu então que deveria colocar algum número nessa sequência de sete zeros para decodificar o segredo. Outro detalhe é que nas laterais do cofre estavam ilustrados dois objetos muito interessantes. De uma lado havia a figura de um QUADRADO MÁGICO qualquer e do outro o de um CUBO MÁGICO, como aqueles de Ernö Rubik. Percebendo que o segredo 0000000 estava na porta que fica ENTRE uma figura de 4 lados e outra de 6 lados, logo concluiu que o número procurado seria um número exatamente entre 4 e 6, ou seja, 5. Com essa ideia, Tales mudou a sequência 0000000 para 0000005, mas a porta não se abriu. A resposta não seria tão simples.
Tales concluiu então que a solução deveria ser um pouco mais complexa, mas depois de um minuto pensando no assunto, o garoto logo provou por que era considerado um prodígio nos números, pois ele finalmente havia descoberto o segredo para abrir o cofre.
Que número Tales colocou na sequência de zeros e como ele chegou a essa conclusão?"


(E aí??!!!! Já sabe????? Não??? Então ignore a resposta que vem abaixo e TENTE NOVAMENTE!)

RESPOSTA:

SOLUÇÃO: Após pensar um pouco mais, ele decidiu experimentar o número 26, pois ele se encontra exatamente entre um QUADRADO, que é o 25 (5x5), e um CUBO, que é o 27, (3x3x3). Tales também se lembrou que havia lido em algum livro de matemática que o 26 é o único número que possui essa particularidade, a de estar exatamente entre um quadrado e um cubo. Abrindo o cofre, comprovou que a sua segunda tentativa era a correta, 0000026.
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 398
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Invenções verdadeiramente GENIAIS!!!!!

Mensagem por Alquimista em Sab Fev 18, 2017 6:46 am

Taí um truque bem legal que INVENTEI e que você pode se divertir com os amigos numa festa, inclusive ganhar algumas apostas.

Peça para uma pessoa pegar uma moeda qualquer ou outro objeto pequeno, como um anel, e esconder numa das mãos. Feito isso, peça pra ela erguer os braços pra frente com os punhos cerrados e diga que você vai descobrir em qual mão se encontra o objeto.
Primeiro diga que a mão do objeto, que só ela sabe qual é, vai ser atribuído um valor par, sendo que a mão vazia obviamente será ímpar. Peça para ela que escolha mentalmente um número par pra ser atribuído à mão que contém o objeto, ou seja, a mão par, e que não ultrapasse o valor 10. Faça a mesma coisa para a mão ímpar, agora com um valor ímpar que também não ultrapasse 10. Diga que você irá mandá-la fazer algumas operações aritméticas e que é para prestar muita atenção. Nessa hora enrole um pouco e diga que, pra ver se ela entendeu tudo, vai recapitular. Daí fale assim: “então, recapitulando, a mão esquerda é ímpar ou par?”. Se a pessoa que você escolheu for desatenta, ela deverá falar que a mão é par ou ímpar, o que já te revela em qual mão está o objeto, mas se ela for do tipo esperta, proceda do seguinte modo: diga para ela pensar nos números mentalizados. Então fale que a mão que tiver o valor mais alto deve ser erguida. Nessa mesma mão, diga para ela multiplicar o valor dela por 2, depois somar com mais 1, depois multiplicar por 5, e por fim acrescentar no total o valor da outra mão. Mande ela falar o resultado em voz alta. Em seguida você deve mentalmente subtrair 5 desse total, o que lhe dará um número cujos 2 dígitos são exatamente os valores que ela pensou. Se o maior dígito for par, então a mão que ela ergueu é a que contém o objeto e vice-versa.
Exemplo: vamos supor que ela escolheu o 3 e o 8. Daí ela ergue a mão do oito e fez as seguintes operações: 8x2 = 16; 16+1= 17; 17x5= 85; 85+3 = 88. Subtraindo 5 do total, agora você sabe que os números escolhidos foram o 8 e o 3. O resto fica fácil deduzir.
Você pode fazer a mesma coisa com o inverso, ou seja, falar que a mão do objeto será ímpar e depois mandar ela abaixar a mão de valor maior, mas sempre que fazer esse exercício as operações aritméticas devem sempre serem feitas na mão de MAIOR VALOR, caso contrário não dará certo. Não importa o jeito que você faça, o importante é que você sempre descobrirá os valores pares e ímpares que a pessoa escolheu e daí você mata a charada de qual mão se encontra o objeto.
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 398
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Invenções verdadeiramente GENIAIS!!!!!

Mensagem por Alquimista em Ter Fev 28, 2017 5:43 am

Autômatos

Na Europa Iluminista, os geniais relojoeiros-mecânicos construíram alguns dos mais impressionantes autômatos já vistos até hoje, como Vaucanson, que criou um pato artificial que comia, bebia, grasnava e ainda fazia a digestão, como um pato de verdade. O abade Mical, que dizem ter feito algumas cabeças mecânicas que emitiam sons, palavras e frases completas. Pierre Kintzing e a sua tocadora de Xilarmônico, que tocava uma melodia de Gluck com tanta graciosidade, que foi comprada por Maria Antonieta. Pierre de Jaquet-Droz, que junto com seu filho construiu três dos autômatos mais famosos da Europa, que são uma criança que escreve frases com uma pena de ganso exibindo uma caligrafia belíssima, outra que executa lindos e precisos desenhos dos mais variados tipos e uma tocadora de música que interpreta peças barrocas bastante apuradas. Estes autômatos ainda possuem movimentos naturais, dando a impressão de que estão quase vivos. Por exemplo, suas cabeças e olhos acompanham com exatidão os seus gestos, a reverência que a tocadora faz ao terminar de tocar e o sombreamento que o desenhista coloca em suas obras. Este até assopra de vez em quando pra retirar o excesso de pó no papel. Essas maravilhosas invenções dos Jaquet-Droz se encontram atualmente no museu de Neuchâtel, na Suíça, e pode-se dizer que são os precursores dos computadores e da ciência da robótica. Até Leonardo da Vinci construiu autômatos, como um cavaleiro que se sentava, levantava e mexia a sua armadura automaticamente, além de um leão mecânico que andava sozinho, o que impressionou bastante o rei da França e toda a sua corte.
Robert-Houdin, o grande mágico do século XIX, cujo nome serviu de inspiração para que Ehrich Weiss se tornasse o Houdini, também foi um exímio construtor de autômatos, como é o caso da sua famosa Laranjeira.

Porém, o mais célebre autômato de todos foi a incrível máquina de jogar de xadrez inventada pelo barão Wolfgang von Kempelen, que assombrou a Europa do século XVIII desafiando e ganhando dos maiores enxadristas daquele tempo. O Turco, como foi batizada a máquina por causa do autômato que vestia turbante e trajes orientais (e tinha o tamanho real de um homem adulto), consistia de uma caixa com dimensões próximas a uma escrivaninha mediana, em que estavam inseridas algumas portinholas e gavetas que guardavam o tabuleiro e as peças, além do androide, posicionado de frente à caixa. Quando a partida ia começar, o barão von Kempelen, numa apresentação sensacional, abria as portinholas e as gavetas para demonstrar ao público o mecanismo interno e que dentro da caixa não havia nenhum ser humano operando o Turco.
Depois ele convidada algum exímio jogador da plateia para que se sentasse junto ao autômato e, para a surpresa de todos, o androide de repente se movimentava exibindo gestos perfeitos e uma mecanicidade precisa que culminavam sempre em sua vitória. Para o público da época, ávido por espetáculos desse tipo, parecia magia negra. Mal sabiam que havia sim um humano operando a máquina por dentro da caixa. O barão somente usou um artifício muito comum no ilusionismo de truques com caixas: enquanto uma portinha era aberta, a pessoa que estava por trás se curvava para a direção oposta e vice-versa.
Mesmo assim, a máquina era complexa e o seu mecanismo intricado confundiu as maiores mentes daquele tempo. Até o imperador Napoleão Bonaparte e a czarina Catarina, a Grande, que também foram desafiados pela máquina, ficaram perplexos com o seu funcionamento.
Mephisto também foi outro autômato jogador de xadrez que foi construído baseado na invenção de Kempelen, apesar de ter um mecanismo mais moderno que o do seu antecessor. Para maiores informações deste também fascinante autômato, acessem: http://mestredoconhecimento.forumeiros.com/t16-lendas-interessantes#161


Última edição por Alquimista em Sex Mar 03, 2017 5:25 pm, editado 3 vez(es)
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 398
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Invenções verdadeiramente GENIAIS!!!!!

Mensagem por Alquimista em Ter Fev 28, 2017 6:19 am

Heron de Alexandria

Heron de Alexandria viveu no século 1º da era cristã e pode ser considerado um precursor tanto de Leonardo da Vinci quanto da ciência da robótica. De fato, Heron foi o Leonardo da sua época. Célebre engenheiro que automatizou o mundo antigo, ele impressionou a cidade de Alexandria com suas invenções revolucionárias. Talvez, o maior exemplo seja a criação da primeira máquina movida a vapor da história, a Eolípila, que, infelizmente, foi vista apenas como entretenimento. Mas na verdade, o que fez Heron ficar famoso na antiguidade foram seus incríveis trabalhos nos templos. Naquela época, havia uma miscelânea de crenças, cultos e deuses em Alexandria, que era a cidade mais cosmopolita do mundo conhecido até então, e a conseqüência dessa efervescência religiosa foi a proliferação de templos espalhados por toda a cidade. Essa situação fez com que os templos competissem entre si para atraírem o maior número de fiéis. É aí que entra o gênio de Heron! Aos poucos, os sacerdotes foram percebendo que não bastavam somente seus ensinamentos religiosos. Eles precisavam mesmo era do apoio científico, ou seja, de uma mente genial que pudesse produzir os mais surpreendentes efeitos especiais e, claro, gerasse lucro para eles também. Em outras palavras, os sacerdotes precisavam de um milagre! E Heron foi o homem certo para realizar tal missão! Para os olhos das massas alienadas e ignorantes de conhecimento científico, ele transformou magia em realidade. O genial inventor fez os deuses ganharem vida através de sua engenhosidade!
Exemplos famosos que elucidam isso são uma máquina de fazer profecias, um jardim com pássaros mecânicos que se moviam e cantavam, uma miniatura de Hércules que atirava com o seu arco uma flecha num dragão que soltava um gemido como se estivesse vivo, um distribuidor de água benta automático que funcionava quando o fiel colocava uma moeda numa fenda, um altar com pequenas figuras humanas que dançavam sozinhas, a escultura de um cavalo que bebia água, uma estátua que chorava sangue e, o mais impressionante, as portas gigantescas do templo que Heron conseguiu fazer com que se abrissem sozinhas, dando a impressão de que eram os próprios deuses quem convidavam os fiéis para ingressarem. Mas como ele conseguiu fazer tudo isso? Como Heron também foi um gênio da matemática e da física, o segredo estava em sua concepção de como na realidade funcionavam as forças elementares da natureza, pois o inventor foi o primeiro homem a compreender a elasticidade do ar, a pressão que os gases exercem sobre os objetos e a hidráulica. Por exemplo, a estátua que chorava, as figuras que dançavam e as portas que se abriam sozinhas eram acionadas quando o sacerdote fazia uma oferenda aos deuses ateando fogo numa pira. Daí, o ar que passava por um pequeno tubo conectado à pira se aquecia e se expandia, empurrando então algum mecanismo ou algum líquido para que o efeito miraculoso fosse realizado. Mas só os sacerdotes sabiam disso. Na visão dos crentes, os objetos se moviam pela vontade dos deuses, satisfeitos com a oferenda. Quanto aos pássaros que cantavam, a miniatura de Hércules e o dragão que gemia, tudo não passavam de princípios de pneumática aplicada. Enfim, sempre existia algum mecanismo oculto, e Heron era quem estava por trás desses fenômenos ''milagrosos''. Ele usou com maestria as propriedades dos gases, dos líquidos e da gravidade para produzir ''magia''. No entanto, era ciência pura e simplesmente. E encheu muito os bolsos dos sacerdotes. O conhecimento científico de Heron sobre a Mecânica era tão avançado para seu tempo, que uma vez ele até criou um teatro cheio de efeitos visuais e sonoros, como raios e trovões, onde todos os atores eram autômatos que se movimentavam, saíam e entravam sozinhos juntamente aos cenários que constantemente mudavam, e tudo obedecia a períodos regulares devido a um mecanismo de precisão que consistia de simples troncos de madeira e cordas. Em outras palavras, tudo seguia uma programação. Daí o porquê de Heron ser considerado um pioneiro na criação de autômatos e da robótica.
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 398
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Invenções verdadeiramente GENIAIS!!!!!

Mensagem por Alquimista em Sab Mar 04, 2017 2:21 am

Bugatti Veyron



O super esportivo da Bugatti chamado Veyron, em homenagem ao piloto Pierre Veyron que venceu a prova das 24 Horas de Les Mans, em 1939, é um dos carros de rua mais rápidos do mundo. Equipado com um inacreditável motor em W de 16 cilindros e com quatro turbo-compressores produzindo incríveis 1001CV de potência, o Veyron é capaz de alcançar estonteantes 407Km/h, indo mais rápido que um carro de Fórmula 1, e acelera de 0 a 100Km/h em menos de 3 segundos. Para amenizar a grande quantidade de calor gerado, este carro ainda possui 10 radiadores, os quais consomem impressionantes 40 litros d’água.
Apesar do seu exorbitante preço, que ultrapassa facilmente o 1 milhão de Euros, não é qualquer um que tem cacife para possuir uma preciosidade dessas na garagem. A Bugatti seleciona criteriosamente seus possíveis compradores, examinando suas vidas por completo. É por isso que a quantidade desses veículos já vendidas não ultrapassam os vinte. Além do mais, a Bugatti mantêm sigilo absoluto sobre os compradores, não revelando de forma alguma a identidade dos mesmos, apesar de já terem vazado informações de que alguns Shakes árabes, um Príncipe, e até o ator estadunidense Nicolas Cage, tem um Veyron em suas garagens.
Só mesmo um grande sortudo para entrar em seu habitáculo, se acomodar com deleite no banco cujo estofado é feito de couro da melhor qualidade e viajar nessa maravilha capaz de deixar até mesmo Michael Schumacher comendo poeira...
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 398
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum