Foi sem querer querendo...

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 22/4/2017, 15:51


Os maiores mistérios do Universo Chaves finalmente serão revelados!

Só aqui você terá respostas para inquietantes perguntas, tais como:

_Qual era o nome real do Chaves?
_O Seu Madruga já foi rico?
_Por que o Don Ramón é chamado de Seu Madruga no Brasil?
_Como era o terceiro pátio da vila?
_Onde ficava a casa de número 8 do Chaves?

E muito mais!!!!!  

Então, não percam tempo e...



Última edição por Alquimista em 15/7/2017, 04:39, editado 1 vez(es)
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 22/4/2017, 15:54


Qual era o NOME REAL do Chaves????

Taí uma questão que já deve ter tirado o sono de muitos chavesmaníacos.
Todo vez que o Chaves está prestes a revelar o seu verdadeiro nome, sempre chega o Quico ou a Chiquinha pra interromper e estragar tudo, e a gente fica puto com isso!!!!!

Ahhhhh...  Mas O ALQUIMISTA bolou um raciocínio lógico que pode por um fim ao mistério de uma vez por todas!!!!!

Então, qual era o nome verdadeiro do Chaves?????

Na maior parte dos quadros do Chespirito, era quase que uma regra geral que os nomes dos personagens fossem exatamente os mesmos dos atores que os representavam.
Desse modo, é muito comum vermos um Carlos sendo interpretado pelo Carlos Villagrán, uma Florinda sendo interpretada por Florinda Meza, um Ramón pelo Ramón Valdés, e por aí vai... Até mesmo o genial Roberto Bolaños, o Chespirito, já encarnou alguns Chespiritos em personagens que interpretou.

Mas o que isso tudo tem a ver com o nome do Chaves?

Ora, com o programa Chaves não foi diferente, como podemos ver em alguns personagens que seguiram o mesmo costume, como a Dona Florinda e o Don Ramón (Seu Madruga).

E o Chaves?

Bom, todos sabemos que ele foi interpretado por Roberto Gómez Bolaños, e sabemos também que Chaves (Chavo) nada mais é que um apelido (assim como Chespirito era o apelido de Roberto).
Assim, seguindo a lógica das escolhas dos nomes dos personagens dos quadros do Chespirito, podemos seguramente arriscar que o nome mais provável que o Chaves poderia ter era:

CHESPIRITO ROBERTO



Putz!!!! Faz sentido!!!  CHESPIRITO ROBERTO poderia ser mesmo o nome real do chavinho...

Mas... existe alguma evidência??!!!!  Talvez uma pista exibida em algum episódio???!!!!!

SIM, EXISTE!!!!!!!

No episódio O violão do Seu Madruga, Chaves diz para a Chiquinha que tem um amigo (na verdade era imaginário) que era igualzinho a ele. E qual era o nome do amigo??? Chafundifórnio (KKKKKKKKKKKKKK...), mas quando a Chiquinha pede para o Chaves contar para o Seu Madruga, o menino, apertado, uma vez que Chafundifórnio é um tanto difícil de lembrar, improvisa algo como... Espiriquidiberto. E é aí que está a CHAVE (do CHAVES)!!!!!!!!




Pois o menino, sentindo-se pressionado ao ser interpelado pelo Seu Madruga, se viu numa situação onde precisou improvisar um nome às pressas, como um, talvez, que soasse bastante familiar a ele, já que isso seria mais fácil.

E é deveras óbvio que Espiriquidiberto combina com... CHESPIRITO + ROBERTO!!!!!!!!!!!!!!

Confiram: chESPIRIto + roBERTO é quase idêntico a: ESPIRIquidiBERTO

Conclusão:

Espiriquidiberto, o garoto que era IGUALZINHO ao Chaves, é um nome bem parecido com CHESPIRITO ROBERTO. E como os atores dos quadros do Chespirito tinham o hábito de emprestar seus nomes aos personagens que interpretavam, só podemos concluir que, diante disso tudo, o NOME REAL do Chaves do 8 era:

CHESPIRITO ROBERTO




Última edição por Alquimista em 14/7/2017, 16:56, editado 2 vez(es)
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 24/4/2017, 17:02


Por que o Don Ramón foi chamado de Seu Madruga no Brasil?

Quando a dublagem do Chaves estava para ser feita no Brasil, havia um atleta que colocou a natação brasileira no mapa do atletismo mundial.  
Seu nome era Djan Madruga, o ''Cavalheiro da natação'', que em 1980 foi medalhista olímpico nas olimpíadas de Moscou com a medalha de bronze.  





Como o Djan Madruga tinha costeletas e um bigode parecidos com o pai da Chiquinha, a dublagem escolheu seu nome para o personagem Don Ramón a fim de homenagear este importante atleta.

Mas será que o Don Ramón aprovaria essa homenagem????



Com certeza, pois o nome Meu Sadruga, ops, Seu Madruga acabou caindo como uma luva para os brasileiros.


Última edição por Alquimista em 24/4/2017, 18:55, editado 1 vez(es)
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 24/4/2017, 17:10


O Seu Madruga já foi rico?

Bom, se foi rico não dá para saber, mas certamente em melhor situação ele já esteve sim.

Como???!!!!!!!!!

No episódio do despejo do Seu Madruga, aquele em que as crianças veem o álbum de recordações, Seu Madruga conta a história do nascimento da Chiquinha e as imagens mostram claramente que a casa onde eles moravam é a mesma de número 72, que todos conhecem.

Mas...

Naquele que é considerado o primeiro episódio do que viria a ser o seriado Chaves, o Seu Madruga (PASMEM!!!) mora na casa da Dona Florinda, a de número 14, já que a ''velha coroca'' e o Quico ainda não haviam se mudado para a vila.



Ou seja, como sabemos que a Dona Florinda tem uma condição financeira melhor que a do Seu Madruga, e que a casa de número 14 é mais espaçosa e esmerada que a de número 72 (que só tem um quarto, pois Seu Madruga dorme no sofá da sala, e a da Dona Florinda tem dois, como ficou evidente no Os Espíritos Zombeteiros), podemos supor, SIM, que no início da série o Seu Madruga era melhor de vida, uma vez que o aluguel ali cobrado deveria ser mais caro.

E ainda tem mais!!!!

No mesmo episódio, Seu Madruga diz para a Chiquinha que se ela não tomasse o remédio, ele iria doar todos os brinquedos dela para o velho do saco, o que sugere que ele tinha dinheiro para comprar brinquedos para sua filha, e parece que eram muitos, pois o velho do saco saiu bem satisfeito da casa de número 14, e com um saco cheio de brinquedos.

Pena que não durou muito e o Seu Madruga ficou na pindaíba, sendo obrigado a retornar para a casa de número 72 em que morava antes, desocupando então aquela em que a Dona Florinda iria se mudar com o Quico.

Deve ser por isso que ele sempre se lamentava de seu passado glorioso, quando vivia da pena, ou era um grande lutador de boxe...

Quem sabe um dia de repente Seu Madruga, simplesmente, ganha na loteca, como ele quer...

ELE MERECE!!!



Última edição por Alquimista em 24/4/2017, 20:31, editado 1 vez(es)
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 24/4/2017, 18:29


Por que o Seu Madruga devia sempre 14 meses de aluguel ao Senhor Barriga????

Aritmética pura e simples!!!!!!!!



Ora, a casa em que o Seu Madruga devia sempre os 14 meses de aluguel era a de número 72.

Façam as contas!!!!

7 x 2 é igual a ????!!!!!


Última edição por Alquimista em 15/7/2017, 04:41, editado 1 vez(es)
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 14/7/2017, 17:46


Há quanto tempo a Dona Florinda e o Quico moravam na vila???

A resposta correta é: 4 anos!

Como sabe??!!!

Ora, no episódio O desjejum do Chaves, Parte 2, quando o Professor Girafales retorna à vila e o Chaves diz que a Dona Florinda não estava em casa porque saiu caçando ''algum Madruga'', o Professor pergunta:

_''Briga nova?!''

E o Chaves responde:

_''Nova não! É a mesma já faz uns QUATRO ANOS!''

Aí está!!!!!

A Dona Florinda e o Quico só podiam morar na vila há 4 anos, então!!!

E o motivo dela sempre implicar com o Seu Madruga nós podemos já até especular.

Como vimos aqui que o Seu Madruga morava na casa da Dona Florinda antes dela se mudar para a vila, pode ser que, quando ele precisou deixar a casa 14 por causa de dificuldades financeiras, uma rixa entre os dois deve ter surgido pela disputa da casa (que é a melhor daquele pátio!).

O Seu Madruga pode ter demonstrado certa resistência para abandonar aquela residência, o que irritou a Dona Florinda, que já estaria de olho naquele imóvel. Claro, ela só poderia se mudar para lá, e o Seu Barriga deve ter lhe prometido que o pai da Chiquinha já estaria de mudança daquele local. Mas sabem como é o Seu Madruga, né?! Se ele sempre enrolava o Seu Barriga ao lhe dever 14 meses de aluguel, imagina então o trabalhão que ele deve ter dado para sair da casa 14??!!!!!



Ou então a rixa pode ter se iniciado pelo Seu Madruga mesmo, que começou a implicar com a ''velha coroca'' assim que esta se mudou para a vila. Aquela ''velha carcomida'' que lhe ''roubou'' o imóvel que ele tanto gostava.


_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 14/7/2017, 18:51


Bom, demos uma ótima explicação aqui para o motivo do Seu Madruga dever sempre 14 meses de aluguel para o Seu Barriga.

Mas há uma outra explicação também:

A rixa entre a Dona Florinda e o Seu Madruga pela posse da casa de número 14!!!

Quando o Seu Barriga solicitou para que o Seu Madruga abandonasse o imóvel, este, sentindo-se inconformado, deve ter elaborado o seguinte plano de vingança:

''Eu sei que a vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena... Mas não é justo isso que o Seu Barriga está fazendo comigo. Querendo me mandar de volta para o 72, e tudo por causa daquela velha coroca. Sendo assim, por não poder mais morar no 14, eu, Seu Madruga, a partir de hoje, decreto: ficarei sempre a dever 14 meses de barriga para o Senhor Aluguel! Tenho dito! Ao ataque!''


_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 19/7/2017, 15:28


Onde ficava a casa de número 8 do Chaves?

No episódio A casinha do Quico somos informados que o Chaves não mora no barril, e sim na casa de número 8.

Mas onde ficaria essa casinha? Será que o Chaves já nos deu alguma pista?

Sim, deu, e não foi uma só!

No próprio episódio A casinha do Quico, quando o Chaves diz que mora lá no oito, ele aponta na direção do segundo pátio da vila. Mas a prova cabal aparece no episódio O Ladrão da Vila, onde o Chaves, depois de ser chamado de ladrão por todos da vila, decide abandonar a mesma na calada da noite. O detalhe é que ele entra em cena vindo diretamente do segundo pátio da vila, e carregando consigo alguns pertences pessoais, inclusive, o que demonstra que ele possuía alguns bens e tinha, de fato, um lugar onde guarda-los.



A mesmíssima situação também ocorre no episódio O Bilhete de Loteria.

Então a casa do Chaves ficava no segundo pátio da vila, certo?!

ERRADO!

É óbvio que no segundo pátio não há nenhuma casa de número 8, como pudemos ver em vários episódios que se passam nesse local.

Contudo, nesses mesmo episódios é comum vermos os personagens indo e vindo de um outro local que não é o primeiro pátio. E em um especial, o do leite de burra, em que o Seu Madruga é contratado pelo Senhor Barriga para reformar toda a vila, somos informados que, de fato, há um terceiro pátio na vila. E ele coincide com a direção em que o Chaves aponta quando se refere à sua moradia.

Sendo assim, a casinha de número 8 do Chaves só podia estar localizada no terceiro pátio da vila, o que nos leva agora para o próximo mistério!


Última edição por Alquimista em 19/7/2017, 19:23, editado 4 vez(es)

_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 19/7/2017, 15:45


Como era o terceiro pátio da vila?

Será que dá para saber? Ora, se usarmos um pouquinho de lógica, dá sim!


Mas antes, quero falar de um mapa supostamente feito pelo próprio Roberto Gómez Bolaños que faz um tempo que andou circulando por aí:



Realmente é uma planta baixa deveras bem feita, com detalhes precisos e algumas deduções corretas, como a casa do Chaves de número 8 estar no terceiro pátio. Sem dúvida, uma obra de alguém que conhece muito bem a série!

Mas há um problema!!!!!!

Tem uma informação no mapa que diz claramente que ele foi feito por um tal de Celso Bertozzi, ou Celso Gustavo Bertozzi, e a única explicação para isso que existe na internet é essa daqui:

Mapa Nº1: Celso Gustavo Bertozzi, celso.gb@uol.com.br - 117Kb

Feito por Roberto Goméz Bolaños (Chespirito) mostrando como a vila é realmente, exibido num programa tipo "SBT Repórter", do México. Celso Gustavo Bertozzi assistiu o programa e conseguiu reproduzir + ou - como Chespirito Tinha desenhado.
http://chespiritoweb.atspace.com/mapadavila.htm

''Exibido num programa tipo SBT Repórter, do México''???!!!!!!

''Bertozzi assistiu o programa e conseguiu reproduzir + ou - como Chespirito Tinha desenhado''???!!!!!!!!!!

Informações bem estranhas e vagas essas, ainda mais se considerarmos que o tal email do Bertozzi (celso.gb@uol.com.br) é obviamente de alguém que é brasileiro.

E como que o cara conseguiria reproduzir de memória uma planta baixa tão detalhada se apenas a viu uma única vez na TV?!! Sei não... essa estória tá é muito mal contada.
E mesmo se fosse verdade, por que o original nunca foi exibido em algum outro veículo de comunicação? É uma informação bastante preciosa essa, pelo menos para o universo chavesmaníaco.

E tem mais!!!!! Se colocarmos o email celso.gb@uol.com.br no Google, só há uma ÚNICA página a que somos direcionados na internet, que por acaso é essa daqui:

https://www.facebook.com/heriveltom.vieirabarroso/posts/265428663635986

Trata-se de uma postagem no facebook de um tal de Notlevire Barroso que contém algumas charadas, só que, bem no finalzinho, aparece isso aqui:

Os desafios 12 e 13 forma enviados pelo Tio Celso. Gostaria de agradecer ao Tio Celso por contribuir com a melhoria da qualidade profissional dos que buscam excelência na profissão! E-mail do Tio Celso: celso.gb@uol.com.br
Fiquem a vontade para fazer contato com esse grande profissional!


ISSO MESMO!!!!!! Podem ficar a vontade para contatar o ''Tio Celso'' pelo seu email, até porque... o tal email celso.gb@uol.com.br NÃO EXISTE!!!!

É isso aí!!!! O email celso.gb@uol.com.br não existe!!!!! Podem verificar!!!!!  

Então o mapa da vila feito pelo Roberto Goméz Bolaños não é real?????

Fora o fato de que não há uma só evidência que prove isso, o que realmente existe é exatamente o contrário, ou seja, vários e vários indícios de que isso aí não passa de:

PURA LOROTA!!!!! BULLSHIT!!!!!! Mais uma lenda do universo Chaves que foi inventada! E olha que a internet está cheia delas!!!!



Sendo assim, não levem em consideração o terceiro pátio desse mapa fictício! É pura FANTASIA!!!!!!


Ok! Então como seria o terceiro pátio da vila?

É só usar a lógica! E um pouquinho de imaginação!

Na Venda da Vila, o Seu Barriga, depois de mostrar o primeiro pátio para o carequinha, diz para ele que o segundo é muito melhor. De fato, o segundo pátio é mais espaçoso e ainda contém uma fonte. Daí pode-se supor que ele é o pátio central da vila, se situa entre os outros dois, até porque contém uma fonte de água nele.

E tanto no primeiro quanto no segundo pátio há uma casa que se acessa por uma escada, tanques para lavar roupa, e alguns vasos com plantas.
Então, seguindo esse padrão, poderíamos imaginar que o terceiro pátio também conteria pelo menos um tanque comunitário para lavar roupa, uma escada que leva para uma casa situada num nível superior, e algumas plantas.

Mas, como o terceiro pátio é o local da casa do Chavinho, e também do Senhor Furtado, que por passar por tantas necessidades acabou se tornando o ladrão da vila (além do fato de que ele disse que se mudaria da vila por ter arrumado um imóvel de maior categoria), é bastante óbvio que, dos três pátios da vila, o terceiro é o pior, o mais velho e maltratado. Prova disso é o fato do Chaves nunca querer ficar lá. Ele prefere ficar escondido o tempo todo no barril do primeiro pátio do que na sua própria casa, que deve ser paupérrima. E o Sr. Furtado escolheu como zona de roubo o primeiro pátio, já que no seu (o terceiro) os moradores não teriam nada de valor para furtar, por viverem em piores condições.
E tem também um detalhe revelador. No episódio da pichorra o Senhor Barriga revela para o Seu Madruga que nasceu numa casinha da vila, só que ela já não existia mais, tinha desmoronado. Ora, como não vemos construções tão arruinadas no primeiro e no segundo pátio, é razoável supor que o casebre que Senhor Barriga morou estivesse também no terceiro pátio. E ainda no episódio do leite de burra, o Seu Madruga fala para o Senhor Barriga que no terceiro pátio há uma parede que precisava ser rebocada. Diante de tudo isso, podemos facilmente arguir que o terceiro pátio da vila, dos três, é o mais judiado, o que tem as piores condições. Por isso que o Chavinho prefere ficar na companhia das crianças do primeiro pátio, quando elas não estão no segundo também, é claro.

Conclusão: o terceiro pátio da vila deve ser parecido com o primeiro, com pelo menos um tanque para lavar roupa, uma escada que leva para uma casinha num nível superior, alguns vasos com plantas e muros mal rebocados, mas deve ser bem sem gracinha comparado aos outros, com construções mais antigas, e não tem acesso para a rua.


Última edição por Alquimista em 20/7/2017, 15:41, editado 1 vez(es)

_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 20/7/2017, 15:17


Problemas e características incomuns dos personagens da vila:

Para o Chaves falta uma unha no pé direito. E ele tem piripaques.
O Quico desmaia toda vez que vê sangue.
A Chiquinha tem hipermetropia.
O Seu Madruga sofre de ciática. (Asiática, lá da China?)
O Professor Girafales é abstêmio. (E o que tem a ver a religião?!)
A Dona Florinda não gosta de animais e nem de crianças de colo. E seus cabelos devem ser muito ruins, já que ela vive com bobs neles, e toda vez que ia no salão o resultado era sempre negativo e nunca agradava.  
O Senhor Barriga pertence à Sociedade Protetora dos Animais. E também tem úlcera.
O Nhonho sofre de distúrbio alimentar.
A Pópis é fanha.
O Jaiminho não sabe andar de bicicleta e ainda sofre de fadiga, e ele está sempre tentando evitá-la.

Bom, parece que só a Bruxa do 71, a Dona Neves e a Paty se livraram dessa lista.
Se você, leitor, souber de algum problema ou característica incomum desses personagens, envie sua sugestão para a gente.


Última edição por Alquimista em 21/7/2017, 01:23, editado 4 vez(es)

_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 20/7/2017, 15:38


Coisas que não fazem sentido no seriado Chaves

Por que o Quico é mais espaçoso que um trem??????

Por que naqueles episódios que querem dar um banho no Chaves (e também curar a loucura dele), no final o Professor Girafales esvazia um balde d`água dentro do barril do Chaves, sendo que ele poderia fazer isso nos tanques???? Ora, os tanques já estavam ali do lado, mais perto dele do que o barril.
O Professor, como homem culto que era, deveria saber que é muito mais prudente jogar a água que não se precisa mais num tanque, que é o lugar adequado para isso, e que, molhando desnecessariamente o barril, a madeira dele poderia apodrecer.

E por que no episódio A Galinha da Vizinha é mais gorda do que a minha a janela do quarto da Chiquinha fica de frente para o primeiro pátio, sendo que o comum é que ela fique de frente para o corredor que conecta o primeiro pátio com o segundo????

_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 21/7/2017, 01:27


_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Apocalipse em 21/7/2017, 07:01


MUAHAHAHAHAHAHA! Brilhante, simplesmente D+.

Bateu uma vontade fudida de assistir Chaves aqui, posta mais.
avatar
Apocalipse

Mensagens : 60
Data de inscrição : 09/03/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 21/7/2017, 13:19


Então aguarde porque as próximas postagens serão:

_Quico madrugadeiro
_Chaves e a Maçonaria

_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 21/7/2017, 14:25


Quico baladeiro

No episódio Roupa limpa suja-se em casa, a Dona Florinda diz para o Quico não sujar a sua roupa porque mais tarde eles iriam para a festa dos Pires Cavalcante. Um festa só de gente decente...

Mas a que horas seria essa festa?

A hora exata não é dita, porém numa cena em que o Quico ameaça bater no Chaves assim que chegasse da festa, ele diz que chegaria dela em torno das DUAS E MEIA!!!!

Duas e meia?! Ora, somos levados então a pensar que toda a ação neste episódio se passa na parte da manhã, e que Quico e Dona Florinda iriam para a festa dos Pires Cavalcante, tipo assim, um pouco antes da hora do almoço. Aí daria tempo de aproveitar a festa até uma duas e meia da tarde.

Mas...

Um poquinho depois, quando os meninos estão a importunar o Senhor Barriga, o Chaves se desculpa com ele por ter-lhe acertado a bola, alegando que era para ter acertado o Quico. Daí ele diz para o Quico:

''E ainda não te acertei, hein?!''

E o Quico:

''Bom, do meio-dia pra cá, não!''

DO MEIO-DIA PRA CÁ???!!!!!!

Ora, então a ação ali não estava se passando de manhã. E se o Quico disse ''do meio-dia pra cá'', então que horas seria aquela? Quase uma da tarde?

E se a Dona Florinda disse que só mais tarde é que seria a festa, logicamente a mesma não ocorreria no período da tarde, pois não teria sentido aproveitá-la só até as 2:30, que foi a hora que o Quico falou que estaria voltando.

Se fosse para ser de tarde, duas e meia seria a hora que eles estariam chegando na festa... Ao menos que...

A festa fosse de noite. Aí sim esses horários malucos se encaixariam.

E aí também faria sentido o que o Chaves respondeu ao Quico depois que este falou que retornaria lá pelas 2:30:

''Eu não vou estar aqui.''

Ora, que motivo teria para que o Chaves não estivesse na vila às duas e meia da tarde? Agora, se essas duas e meia fossem a da madrugada, aí sim teria nexo. Pois às duas e meia da madrugada o Chaves já teria se recolhido no 8 há muito tempo.

E isso também está de acordo com o ''claro!'' que o Quico respondeu tão enfaticamente quando o Chaves lhe disse que não estaria lá àquela hora. E a cara que o Quico fez quando falou esse ''claro'' foi bem de desprezo, como se quisesse ter dito assim para o Chaves:  

''Claro, bebezão! Vai estar muito tarde para você!''

Confiram o episódio e vocês verão que tenho toda a razão!


Pô, mas duas e meia da madruga, Quico? Isso é hora de criança de oito anos chegar da festa?

Hein, Quico baladeiro?!


_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 21/7/2017, 15:25


Teoria da conspiração: Chaves e a Maçonaria

Uma imagem do Chaves que vira e mexe é usada para acusarem o seriado de ter conexões ocultas com a Maçonaria e com a Ordem Illuminati é a do cardápio do restaurante da Dona Florinda:



 


Mas teria sido Roberto Gómez Bolaños de fato um maçom? Ou, como todo fã mais sério do seriado sabe, na verdade o Chespirito provavelmente escolheu o ''Olho de Hórus'', um símbolo egípcio (embora tenha sido utilizado por diversas sociedades secretas também), porque ele era apaixonado em História, principalmente a da antiguidade?
(É só lembrar a quantidade de episódios do Chapolin que fazem referência ao Antigo Egito.)

NADA DISSO!!!!!!!!!!  ESQUEÇAM!!!!!!!!

Quem na verdade foi o único maçom nesse rolo todo era o Frederico Mátalas Callando.

Isso mesmo, Frederico Mátalas Callando, o falecido marido de Florinda Corcuera y Villalpando (que já descansa em pança!).




Todos os fãs da série sabem que o pai do Quico era marinheiro, e também, ao que parece, um homem deveras importante.

E não é incomum que homens de alto status social assim sejam convidados para ingressar na Maçonaria.

Pois bem, admitindo essa possibilidade, quem estuda a Maçonaria sabe que um dos seus costumes mais tradicionais é a ajuda financeira mútua entre irmãos, principalmente para aqueles que estão em dificuldades ou que tenha perdido um ente querido na família (ou mesmo que tenha sido o próprio irmão quem tenha passado para o ''Oriente Eterno'').

Quando a Dona Florinda arrendou o restaurante (ao contrário do que muitos pensam, ela não comprou o imóvel. Ela alugava o estabelecimento do Senhor Barriga), ela deve ter recebido apoio financeiro dos maçons, irmãos do seu falecido marido. Daí ter (ou terem) escolhido como símbolo um que é tão caro para a Maçonaria: o ''Olho que tudo vê''!

E isso explicaria muita coisa também! Depois que Frederico morreu, a Dona Florinda deve ter passado a receber a ajuda de maçons. Senão, de onde vocês acham que o Quico tiraria todo aquele dinheiro para comprar pirulitos lá na venda da esquina (isso sem falar dos balões, bolas e brinquedos que ele toda hora ostentava)???!!!!

Afinal de contas, ''quem ajudará o filho da viúva''???!!!!!!

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA...

_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Apocalipse em 21/7/2017, 20:38


MUAHAHAHAHAHAHA! MUAHAHAHAHAHAHA! MUAHAHAHAHAHAHA! MUAHAHAHAHAHAHA! MUAHAHAHAHAHAHA!

Cara, você devia mandar um troço desses para o SBT. BIG LOL!
avatar
Apocalipse

Mensagens : 60
Data de inscrição : 09/03/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 21/7/2017, 23:57

Apocalipse escreveu:
MUAHAHAHAHAHAHA! MUAHAHAHAHAHAHA! MUAHAHAHAHAHAHA! MUAHAHAHAHAHAHA! MUAHAHAHAHAHAHA!

Cara, você devia mandar um troço desses para o SBT. BIG LOL!

Isso, isso, isso...

_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 22/7/2017, 01:04


Mais coisas que não fazem sentido no seriado Chaves

Naquele episódio da exibição de ioiôs, o Seu Madruga entra na vila portando os jornais que o Chaves havia perdido e em seguida acontece aqueles típicos mal entendidos em que o Seu Madruga leva um tabefe da Dona Florinda. Então, na corriqueira cena onde ele pisa em cima do chapéu, podemos ver que não havia nada no interior do mesmo.

Entretanto, numa cena posterior que se passa na casa do Seu Madruga, onde ocorre uma discussão sobre o pagamento do aluguel, o Senhor Barriga se lembra que o Seu Madruga havia lhe dito que tinha guardado um montão bem grande de dinheiro dentro do chapéu. O Seu Madruga não nega, porém afirma que não estava mais em posse desse dinheiro, alegando que havia usado essa importância para pagar os artistas que vinham do estrangeiro (um da Norte América do Sul, e o outro do Sul da África do Norte).
O Senhor Barriga, convencido da lorota, decide ir embora, mas assim que o Seu Madruga tira o chapéu para se despedir, algumas moedas e cédulas caem do seu interior, relevando então que havia sim um monte de dinheiro escondido dentro do chapéu.

Tudo bem, a cena é engraçada, mas como que fica aquela outra em que o Seu Madruga joga o chapéu no chão após levar um tabefe da Dona Florinda?


_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 23/7/2017, 01:31


A Dona Florinda era uma mulher atraente?



Malgrado a Dona Florinda fosse uma mulher mal humorada, pouco vaidosa, que estava sempre mal vestida e com bobs na cabeça, segundo alguns episódios, parece que ela causava uma certa impressão nos homens do seriado.

Por exemplo, nas duas versões do Mal-entendidos, tanto o Senhor Barriga quanto o Seu Madruga ficaram caidinhos por ela.

Ora, convenhamos, a Dona Clotilde já fez de tudo para tentar agradar o Seu Madruga, porém este sempre recusou os flertes dela. Mas com o Dona Florinda a história era diferente. Mesmo que não fosse por culpa dela, quando o Seu Madruga achou que poderia ter chances, ele não perdeu tempo em partir para o galanteio. E nessas ocasiões pouco importava se ela sempre o maltratava.

Engraçado que o pai da Chiquinha vivia chamado a Dona Florinda de ''velha encrenqueira'', ''velha coroca'', e outras ''velhas'' mais. Mas quando ele julgou que ela estava a lhe dar mole, subitamente ela se transformava no colírio para os olhos dele.



Conclusão: o Professor Girafales pegava a Dona Florinda, e o Senhor Barriga e o Seu Madruga já deram em cima dela; claro, quando pensaram que a mamãe do Quico estava lhes dando moral.

Diante de tudo isso, é razoável supor que a Dona Florinda, SIM, era uma mulher de certa forma considerada atraente pelos homens da vila. Apesar de tudo...

_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 23/7/2017, 20:53


Pesquisando por aí a gente acha de tudo... de tudo mesmo! Reparem só o grau de imbecilidade presente no ensaio a seguir:

Seu Madruga e os quatorze meses de aluguel

09/12/2014 por Fernando Fernandse

Seu Madruga, personagem mais querido de Chaves, é o símbolo do desencanto do homem latino-americano com o Estado ineficiente, corrupto e voraz. Por isso, a insistência do seriado mexicano em dois números, o oito e o quatorze.

O seriado El Chavo Del Ocho (Chaves, no Brasil) sempre se caracterizou pela reiterada referência a dois números. Analisá-los ajuda a completar o quadro que traçamos nos artigos Da astúcia do Chapolin ao desamparo Saturno-Netuno (sobre o mapa de Roberto Gomez Bolaños, criador da série) e Chaves, uma vila de muitos planetas (sobre as configurações relacionadas a cada personagem). Ajuda também a confirmar que o sucesso da série guarda relação com sua involuntária mas incontestável coerência com o simbolismo astrológico.

O nome do programa, em espanhol, era El Chavo Del Ocho (o Garoto do Oito). Por quê? Simples: antes de migrar para a rede de TV Televisa, o seriado teve uma fase inicial no extinto canal 8 mexicano, sendo o nome, portanto, uma referência ao canal. Para evitar uma alteração de nome, manteve-se a denominação El Chavo Del Ocho. O personagem Chaves justifica o título do programa afirmando sem muita convicção que mora no número 8 da vila, mas jamais ninguém o viu na casa nem ela chegou a ser mostrada em qualquer episódio. A verdade é que Chaves é um menino de rua.

O número 8 tem uma clara conotação astrológica, lembrando a oitava casa e o signo que lhe corresponde, Escorpião. A casa 8 diz respeito, entre outros significados, a bens compartilhados e aos tributos que é necessário pagar para sua utilização. Impostos e taxas podem ser atribuídos, genericamente, a esta casa, assim como, num sentido mais amplo, também os aluguéis, condomínios e outras formas de contraprestação financeira decorrentes de contratos. Como os personagens de Chaves provêm das camadas mais pobres da população, cumprir contratos sempre será um problema, o que traz à tona um dos assuntos mais recorrentes do seriado: a inadimplência. Cabe lembrar que a atmosfera e a temática do Chavo Del Ocho estão fortemente vinculadas à oposição Saturno-Netuno do mapa de estreia, em junho de 1971. É um aspecto frio e melancólico, que fala de escassez e da necessidade de lançar mão de estratégias de sobrevivência. Sob Saturno-Netuno, o mesmo ciclo que viu nascer o movimento de independência dos países latino-americanos, dever e não ter como pagar é uma constante. O México, assim como o Brasil, já nasceu endividado. Nada mais natural que os personagens mais entranhadamente latinos que o mundo já viu também tenham uma triste experiência de casa 8, sempre a fugir dos credores.

Por coincidência, o oito é também a soma dos dois algarismos da casa de Dona Clotilde, a Bruxa do 71. Dona Clotilde, como todos sabem, sonha em casar-se com Seu Madruga, numa soma alquímica…

Aqui, um parêntesis: Ramón Valdés, ator que deu vida ao Seu Madruga, tinha um mapa natal sem qualquer fator no elemento Fogo, além de Netuno em Leão. Nascido em 2 de setembro de 1923, com um Grande Trígono em Água e uma tripla conjunção de Marte, Vênus e Sol em Virgem, Valdés era um tipo contido e sensível, discreto, pouco dado a exageros. Parece um mapa bastante adequado para alguém que precisava dar vida ao esquálido e anêmico Seu Madruga, um tipo que, saturninamente, parece estar sempre economizando sua (pouca) energia.

Quatorze meses de aluguel

Outra referência numérica famosa no programa são os quatorze meses de aluguel que Seu Madruga deve ao Seu Barriga. Ora, 14 é metade de 28, correspondendo, grosso modo, a um hemiciclo de Saturno, ou seja, ao movimento de Saturno por metade do zodíaco, cumprido em quatorze anos. A dívida de 14 meses de aluguel explicita, pois, o simbolismo de aprisionamento a uma situação saturnina, incômoda mas inevitável.

14 é, finalmente, o número da casa de Dona Florinda, o que cria um inesperado vínculo entre ela e o indesejado vizinho Seu Madruga. Dona Florinda carrega também, malgrado todas as negativas, a marca da “gentalha”.

Personagens de ficção são atemporais. Assim, seu Madruga está condenado a dever 14 meses de aluguel para todo o sempre, como se fosse um Prometeu sem glória. Contudo, alguns brasileiros resolveram brincar com a imutabilidade do mito. Em abril de 2010, o ator Edgar Vivar, intérprete do Seu Barriga, veio ao Brasil participar de um evento chamado Festa da Boa Vizinhança. Já no palco, foi surpreendido por uma inesperada aparição de uma troupe de humoristas, todos jovens que certamente passaram a infância assistindo Chaves. Os humoristas traziam um “clone” de Seu Madruga e entregaram a Seu Barriga um gigantesco cheque no valor dos 14 meses de aluguel. Era a quitação simbólica de uma dívida de mais de 40 anos. A brincadeira terminou com o ator Edgar Vivar em prantos, enquanto a plateia em coro gritava: “Seu Barriga, eu te amo!”

Cenas como essa mostram que o espelho ainda não se quebrou. Apesar de todos os avanços recentes, a alma da América Latina continua vibrando no diapasão de Saturno-Netuno. E aqui cabe lembrar um componente que, ausente da vida ficcional do autossuficiente James Bond — também criado sob uma conjunção Saturno-Netuno —, sobra nas relações entre os moradores da vila de Chaves: a solidariedade. Por mais que às vezes ajam de forma mesquinha ou competitiva, os personagens da vila estão sempre dispostos a compartilhar. Essa tagarelice permanente, essa interferência na vida alheia e essa ausência de fronteiras entre o público e o privado são traços eminentemente culturais. Ou, como diria o Seu Madruga: “As pessoas boas devem amar seus inimigos.” Afinal, somos latinos. Saturno e Netuno, entre nós, jamais significarão solidão absoluta.

http://constelar.com.br/astrologia-aplicada/cinema-e-tv/quatorze-meses-de-aluguel/

Inacreditável, não é mesmo?!

Essa burrice sem dúvida alguma foi querendo por querer!

_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 27/7/2017, 15:28


E o barril?

Uma história bastante divulgada por aí é a que o barril do Chaves foi inspirado na vida do filósofo grego Diógenes de Sinope, o Cínico, que viveu na Grécia Antiga nos séculos V e IV a.c..



Diógenes foi um personagem deveras ímpar. Tendo sido exilado de sua terra natal, passou a viver em Atenas, se tornando então um discípulo fervoroso de Antístenes, o fundador da Filosofia Cínica. Os cínicos acreditavam que o desapego e a total indiferença às coisas banais e efêmeras era o caminho para a verdadeira felicidade.
Seguindo à risca os ensinamentos de seu mestre, Diógenes passou a viver como um cão, solto por aí, num estado de completo desapego ao luxo e aos bens materiais e externos, e fez de um barril a sua moradia.




Dizem que ele perambulava à luz do dia com uma lamparina pelas ruas de Atenas, à procura de um homem autossuficiente e virtuoso (como ESTE que vos escreve!).
Uma das histórias mais famosas é a de quando Alexandre Magno esteve em Atenas e decidiu visitar Diógenes em seu barril. Ao se colocar de frente ao filósofo, que estava a tomar sol, Alexandre perguntou se ele teria algum desejo. Diógenes respondeu que seu único desejo naquele momento era que aquele homem saísse dali de frente, pois estava a lhe fazer sombra. Alexandre depois teria dito: "Se eu não fosse Alexandre, queria ser Diógenes."  

Mas e quanto ao barril do Chaves?

Segundo alguns fãs da série, tudo não passa de uma mera coincidência. O próprio Roberto Gómez Bolaños afirmou que teria se baseado nas crianças pobres da América Latina. Ora, convenhamos... Alguém já viu alguma criança carente vivendo dentro de um barril??!!!

Mais importante ainda é que Roberto Bolaños era um homem de vasta cultura. Inúmeras são as referências à personalidades históricas e artísticas nos quadros que escreveu. Sendo assim, não seria tão extraordinário se ele tivesse se deparado com a fascinante biografia de Diógenes antes de criar o personagem Chaves.

Todavia, a pista mais relevante está no modo como viviam os cínicos na Grécia Antiga. As pessoas naquele tempo diziam que eles vivam como cães, soltos por aí... Daí o termo ''Cínico'', que está etimologicamente associado a cão.

E não é de ver que, surpreendentemente, no episódio O Cachorrinho, o garoto Chaves literalmente encarna o papel de um cão (o Peludinho)!!!!



_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Apocalipse em 28/7/2017, 19:52


Chaves também é cultura.
avatar
Apocalipse

Mensagens : 60
Data de inscrição : 09/03/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 29/7/2017, 00:44


Problemas e características incomuns dos personagens da vila:

Lembrei de uma boa da Dona Clotilde.

No Os espíritos zombeteiros, ela afirma possuir faculdades mediúnicas.


_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Foi sem querer querendo...

Mensagem por Alquimista em 11/8/2017, 14:45


Mistério!!!

Por que na maioria dos episódios do Chaves em que participa o Senhor Barriga, a Dona Clotilde não aparece, e vice-versa?

Digo ''a maioria'', porque os episódios em que contracenam os dois personagens ao mesmo tempo se contam nos dedos!!! (O mesmo vale para o Nhonho.)

_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  
avatar
Alquimista
Admin

Mensagens : 638
Data de inscrição : 14/02/2017

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum