Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por Alquimista em 24/7/2017, 05:17


Ligação paralela, conceitos básicos

THREE-WAY, também conhecido como INTERRUPTOR PARALELO, é um tipo de INTERRUPTOR que possui 3 parafusos, o que possibilita 3 caminhos ou vias para a corrente elétrica (chave comutadora de 1 polo e 2 posições).
Foi especificamente criado para se poder controlar uma única lâmpada a partir de DOIS PONTOS DISTINTOS.

FOUR-WAY, também conhecido como INTERRUPTOR INTERMEDIÁRIO, é um tipo específico de interruptor que possui 4 PARAFUSOS, o que possibilita 4 caminhos ou vias para a corrente elétrica (1 chave bipolar conjugada de 2 polos e 2 posições).
É usado quando se quer controlar uma lâmpada a partir de três ou mais pontos distintos.

Obs.: Não confundir INTERRUPTOR PARALELO com CIRCUITO PARALELO.

Interruptor é o mesmo que chave comutadora, já que a principal função de um interruptor é ABRIR e FECHAR um circuito. Mas nem toda chave comutadora é um interruptor.

Resumindo:

O INTERRUPTOR three-way é usado quando se quer acender uma única lâmpada em dois pontos diferentes.
Já o INTERRUPTOR four-way, apesar de ser pouco usual, foi concebido para se controlar uma mesma lâmpada em três ou mais pontos distintos.


Última edição por Alquimista em 12/9/2018, 03:54, editado 1 vez(es)

_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Alpha_11
Alquimista
Alquimista
Admin

Mensagens : 1701

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por Alquimista em 24/7/2017, 05:55


Desenhos esquemáticos de um THREE-WAY:

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Tree_w10Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Interr10

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Interr10 Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Diagra10


E de um FOUR-WAY:

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Interr11

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Four_w10

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Four_w10

_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Alpha_11
Alquimista
Alquimista
Admin

Mensagens : 1701

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por Alquimista em 10/12/2018, 05:57


Quem se lembra do LD - Laserdisc - Disco Laser?

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Laserd10


Regular Show - Apenas um Show: A Guerra dos Formatos


_________________
Secretum Finis Africae: O Alquimista é o supremo alfa e ômega das Artes Transmutatórias Aurintelectuais.  Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Alpha_11
Alquimista
Alquimista
Admin

Mensagens : 1701

Ver perfil do usuário http://mestredoconhecimento.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por sombriobyte em 19/6/2019, 01:40


Laserdisc? Ele pode ter sido um fracasso no Brasil, mas no Japão esse sistema foi bem sucedido ate o boom do DVD.
Eu mesmo tenho uma coleção de uns 100 LDs.
Outro beneficio que o DVD trouxe foi a enxurrada de LDs baratos nos sebos por causa dos usuários que migraram para o DVD e se separaram de suas coleçõess de LDs Very Happy

sombriobyte

Mensagens : 477

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por sombriobyte em 19/6/2019, 01:44


E o Betamax, alguém se lembra?

O Betamax foi um erro gigantesco de marketing da Sony. A tecnologia do Beta é muito melhor que a do VHS - tanto que uma versão aprimorada dela é hoje utilizada profissionalmente. Mas a Sony não conseguiu vendê-la. Isso acontece.

O sistema Betamax tinha realmente uma qualidade de vídeo e áudio muito superior ao VHS em um cartridge menor. Mas além da falta de marketing da Sony outro problema era que na época em que foi lançado a tecnologia de produção de fitas não permitia fitas Beta de 2 horas e como que para esconder esse fato a Sony padronizou a medição das fitas por comprimento e não por duração. Alguns anos após o lançamento a Sony lançou a fita Beta de 2 hrs, mas aí já era tarde demais.
Outro fator decisivo na morte prematura do sistema Beta foi o fato de a Victor do Japão (JVC), criadora do sistema VHS abrir o sistema para qualquer companhia que quiser produzir produtos VHS. O licenciamento do sistema era gratuito, o que fez com que muitas companhias entrassem para o time de developers. E uma das metas principais do projeto VHS era produzir um sistema que permitisse 2 horas de vídeo em um cartridge mesmo que a qualidade fosse menor que o sistema Beta, o que era muito mais atraente ao público.

sombriobyte

Mensagens : 477

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por sombriobyte em 19/6/2019, 02:04


Mais sobre outros formatos:

Quais são as diferenças entre DVD-A e SACD?
Hmmmm... Perguntinha simples e cabeluda.
DVD-A é muito complexo para se explicar em algumas poucas linhas. Mas vamos tentar simplificar o máximo.

DVD-V
Como vocês devem saber, o DVD-Video é um disco de duas camadas e uma capacidade de transferência de dados bem maior que o CD comum, por isso é capaz de armazenar e reproduzir audio e video de qualidade bem superior.
O audio de um DVD-V pode vários canais e pode usar vários tipos de codificação. Um DVD-V pode ter de 1 a 8 canais de LPCM, 1 a 5 canais de Dolby Digital ou 1 a 8 canais de MPEG-2.

LPCM é o mesmo sistema usado nos CDs comuns, mas enquanto o padrão do CD é: Sample rate de 44.1kHz com 16 bits de profundidade, o DVD pode ser codificado com 48 ou 96kHz a 16, 20 ou 24 bits, o que significa uma qualidade muito superior que o CD comum. MAS... a capacidade de transferência do DVD é limitado em 6.144Mbps. Então se multiplicarmos o sample rate pelo número de bits e pelo número de canais veremos que o sistema é incapaz de reproduzir 6 canais a 96/24. Por isso uma escolha tem que ser feita. Se quisermos múltiplos canais temos que nos limitar a um sample rate de 48/20. Se quisermos 96/24 só podemos ter 2 canais. Se quisermos os dois, temos que usar um sistema de compressão de dados.

Dolby Digital é o sistema usado no audio do DVD-Video e tem 6 canais mas é limitado a um sample rate de 48kHz e usa um sistema de compressão que exige perda de dados.

MPEG-2 é o sistema que oferece o maior bit rate e pode ser configurado para usar 6 ou 8 canais mas é muito pouco usado fora do Japão por causa da falta de decodificadores.

DVD-A
O DVD-Audio é um pouco diferente do DVD-V. Ele oferece um transfer rate maior: 9.6Mbps (DVD-V = 6.144Mbps) mas mesmo assim ainda não é capaz de reproduzir 6 canais com sample rate de 96/24 (para isso seria necessário um bit rate de 13.824Mbps) por isso um sistema de compressão ainda é necessário.
O sistema de compressão escolhido para o DVD-A chama-se MLP (Meridian Lossless Packing) que como o nome sugere, é um sistema de compressão sem perda de dados.

A grande vantagem do DVD-A é a possibilidade de se escolher (na verdade quem escolhe são os produtores dos discos na hora da gravação) o numero de canais (1 a 6), o sample rate (44.1, 48, 88.2, 96, 176 ou 192kHz), o número de bits (16, 20, 24) e o sistema de compressão (LPCM, MLP ou Dolby Digital). E é claro dependendo da escolha você tem maior ou menor capacidade em um disco.
Você pode ter 52 minutos usando LPCM com sample rate de 96/20 em 6 canais ou ate 1550 minutos usando Dolby Digital com sample rate de 48/24 em 6 canais. 1550 minutos!! 26 horas de música em um disco!!!  JÓIA!
E o que acontece se você não tem um equipamento de som capaz de reproduzir múltiplos canais? O DVD-A tem um sistema chamado SMART que automaticamente remixa os 6 canais em 2  Smile
Outra vantagem é que o DVD-A pode conter imagens também. Cada faixa do disco pode conter até 20 imagens estáticas (Video pode ser incorporado se sobrar espaço no disco) contendo fotos, informações, libretos, letras, etc.

SACD
Este é o formato proposto pela dupla Sony & Philips. O disco é parecido com o DVD. Tem duas camadas sendo que uma camada é para CD comum e a outra, de alta densidade, pode conter 6 canais surround, 2 canais estéreo, mais textos e gráficos.
Uma de suas vantagens é a compatibilidade com CD players comuns (SE a gravadora incluir a camada de CD). Um SACD pode ser tocado em um CD player comum e um SACD player pode tocar CDs comuns.
Em termos de audio a grande vantagem desse formato é o processo de gravação DSD (Direct Stream Digital) que é o mesmo sistema usado nas remasterizações de tapes analógicos.
Nos sistemas digitais atuais (LPCM) um bit mede a posição da onda em um determinado tempo e o número de vezes que essa medição é feita depende do sample rate (em um CD essa medição é feita 44.100 vezes por segundo, por isso dizemos que o sample rate do CD é de 44.1kHz). O valor desse bit é então arredondado para ser transferido para o CD. O que causa aquele problema de antialias que os defensores dos LPs reclamam tanto.
No sistema SDS um bit mede a orientação da onda (se ela esta subindo ou descendo) o que elimina o processo de "arredondamento" e o sample rate máximo é de 2.8224MHz, ou seja, 64 vezes 44.1!
Para transferir esses dados todos a Philips criou um sistema de compressão chamado DTS (Direct Stream Transfer) que possibilita 50% de redução sem perdas.

Com os equipamentos de gravação de DSD multi-channel, se as gravadoras decidirem comprar o equipamento DSD (SE decidirem) até lá os discos e players serão só em estéreo. Ou seja, se você já tinha que comprar um player estéreo, com o lançamento dos discos multicanal você terá que comprar outro...

sombriobyte

Mensagens : 477

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por sombriobyte em 19/6/2019, 02:15


É, parece que apesar da qualidade de som do SACD ser muito melhor, a versatilidade do DVD-A traz muito mais vantagens. E mais, para se apreciar realmente a qualidade de um SACD você precisa de um equipamento de som MUUUUUITO bom mesmo.
Um outro ponto contra o SACD é a tecnologia "fechada". O sistema de codificação e compressão são fechados, ao contrário do DVD-A, que aceita vários sistemas de codificação e compressão. O que significa que se alguém inventar um sistema que permite maior compressão ou transmissão de dados mais rápida, essa tecnologia pode ser incorporada ao DVD-A, o que não acontece com o SACD. Se alguém inventar um novo sistema para o SACD os usuários terão que migrar mais uma vez.

sombriobyte

Mensagens : 477

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por Alucard em 19/6/2019, 10:41


Sobre os bitrates e samplerates, já existem CDs gravados em 24 bits / 96 kHz. Mas como o CD suporta apenas 16 bits / 44 kHz, as gravadoras comprimem esses dados em um sistema chamado UV22 Super CD Encoding. Na prática, esses CDs 24/96 têm som ligeiramente melhor, com variações de dinâmica um tanto mais perceptíveis. Imagino que as vantagens devam ser maiores em um reprodutor realmente 24/96.
Alucard
Alucard

Mensagens : 93

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por Incógnito em 19/6/2019, 19:03


Obrigadão pelas informações!

Pelo que você disse, o DVD Audio me parece um formato mais promissor. Não é à toa que a Teldec e a Deutsche Grammophon (atualmente as duas maiores gravadoras de música clássica, que resolveram se engalfinhar em uma batalha de lançamentos) adotaram essa tecnologia. Só o fato do Super Audio CD ser, na prática, apenas em estéreo é bastante preocupante.

Estou achando melhor economizar uma grana e montar um home theater com DVD Video e Audio e equipamento multicanal. Afinal, a maior vantagem desses formatos para o CD, creio, é mesmo a reprodução multicanal...
Incógnito
Incógnito

Mensagens : 36

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por Flautista de Hamelin em 19/6/2019, 20:04


Eu sou mais é montar um High End Estéreo (com excelentes equipamentos) e deixar este negócio de Home Theater pra lá...

_________________
Churi Churin Fun Flais
Flautista de Hamelin
Flautista de Hamelin

Mensagens : 142

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por Alucard em 19/6/2019, 23:47


Os melhores equipamentos para se ouvir música (e os mais caros, infelizmente) são receivers com a tecnologia Dolby Digital e DTS, pois proporcionam até seis canais de som individuais, que é o caso do DVD-Vídeo e DVD-Áudio. É a música em sua extrema perfeição. Uma das melhores marcas de receivers é Yamaha.

Um bom isolamento acústico se faz com aquelas espumas parecidas com caixa de ovo, muito usadas em estúdio de gravação. A diferença entre o som do ambiente com paredes lisas e com isolamento é impressionante.
Alucard
Alucard

Mensagens : 93

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por Alucard em 19/6/2019, 23:50


Pessoal, e os 8 track tapes, alguém ainda tem?

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica NBI0q-1453992975-144-lists-8tracks_1969_main_1200
Alucard
Alucard

Mensagens : 93

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por sombriobyte em 20/6/2019, 01:48


Ah, as fitas de oito faixas... conheci aqui na minha cidade uma pessoa que tem um reprodutor de rolos de quatro faixas. O som é maravilhoso.

sombriobyte

Mensagens : 477

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por Arcano em 22/6/2019, 21:01


O SACD é muito bom, mas ainda não é a panacéia para os problemas de reprodução digital. A 5ª de Beethoven do Kleiber (matriz analógica) apresenta um ganho impressionante de tridimensionalidade e de graves, mas apresenta o maldito ruído metálico na região entre 1 e 3 Khz, ou seja, nenhuma esperança ainda de atingir a maciez do análogo.

O DVD audio da alpina com o Kempe me parece superior neste aspecto de remasterização.
Arcano
Arcano

Mensagens : 67

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por Masses Crusher em 7/7/2019, 01:23


O que vcs sabem de gravação?

Sabem a diferença entre 44khz e 96Khz? Seu ouvido consegue perceber essa diferença?
Com certeza não...

Eu passei anos trancado no meu quarto estudando violão para ter meus momentos de "gozo estético".

Prefiro mil vezes produzir uma cantora Pop e ganhar 30.000,00 num trabalho, a ficar deliciando meus ouvidos com a pureza dos sons acústicos!

Bem, há gosto para tudo!
Masses Crusher
Masses Crusher

Mensagens : 54

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por Masses Crusher em 7/7/2019, 01:25


Música ao vivo é uma experiência ímpar e gravá-la é uma tarefa difícil e cara. O processo de mixagem também influi no resultado final e é claro o sistema de som que vai reproduzir o cd. Se houver oportunidade ouça uma gravação em SACD (super audio cd), são muito superiores às gravações normais em PCM. O problema que o preço de um SACD é proibitivo e é necessário um player especial. Creio que me ative na questão audiófila, mas tanto a gravação ao vivo como a de estúdio tem esses problemas de gravação.
Masses Crusher
Masses Crusher

Mensagens : 54

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por sombriobyte em 7/7/2019, 02:41


É claro, mas ainda mais lucrativo do que produzir lixo pop é o tráfico internacional de drogas e armas.

sombriobyte

Mensagens : 477

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por Masses Crusher em 7/7/2019, 14:34


Quem disse que todo Pop é lixo?
Há centenas de Pop´s que utilizam instrumentistas clássicos e temas clássicos em seus riffs.

O problema maior é achar que só a música clássica é música.
Masses Crusher
Masses Crusher

Mensagens : 54

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por Lilith em 7/7/2019, 16:13


Meninos, para refletir:

"Posso discordar da sua opinião, mas vou defender até minha morte a sua liberdade de expressá-la"
Voltaire

_________________
"Pelo fato de ter sempre o mesmo nome, os mesmos olhos e o mesmo nariz, não quer dizer que eu seja sempre a mesma mulher..."
( Aldous Huxley)
Lilith
Lilith

Mensagens : 129

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por Masses Crusher em 7/7/2019, 21:37


VIVA A DEMOCRACIA!
Masses Crusher
Masses Crusher

Mensagens : 54

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Mundo da Eletricidade e da Eletrônica Empty Re: Mundo da Eletricidade e da Eletrônica

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum